terça-feira, 7 de junho de 2016

André Monges

Aqui, destacaremos um ótimo projeto solo. 


André Monges é um compositor e músico de Criciúma. Ele toca desde seus oito anos, e é conhecido por seus trabalhos de qualidade em várias bandas, destacando-se em 3 de Paus e Sinnerator.

Em 2014 lançou o álbum “Bebop Ou City Blue na Ralé”, possuindo oito faixas, e mesclando Rock, Blues, Folk, Jazz e Samba.

A primeira faixa denomina-se “Uma Banda De Jazz”, e conta com a participação de Keila Maria. A música retrata a vida de uma cantora em busca um grupo musical que encaixe em seus padrões musicais.

A segunda fica por conta de “Prostituta Apaixonada”.  Realmente aborda a história de uma prostituta que depois de uma noite, se apaixonou enlouquecidamente, como mostra nos versos, “Ainda era noite, quase quatro horas, chovia forte, ele havia ido embora, ela ficou chorando, cheirando, e se sentindo morta...”.

A terceira faixa é intitulada de “Macroeconomia Teórica”. Ressalta e ironiza o fato da teoria. “Chega de conceitos, funções normativas, a moda agora é fugir de toda a teoria. ”

A quarta canção  denomina-se “Procure Outro Banco”, é uma metáfora.  Decepção amorosa baseando-se em contexto econômico. “Diga-me o que tu queres, só preciso me concentrar agora, o quinhão do que tu referes, é passível de se comprar outra hora, eu não posso com a inflação de agora, se quiser me deixar, procure outro banco”.

A quinta faixa do álbum é intitulada “Berlim Caiu”, traz um instrumental rápido que dá ao som um ritmo contagiante. Como fica claro no título, o tema da música faz menção a queda do muro de Berlim e a despreocupação com que a vida é levada.

“Zumbi” é a sexta faixa do álbum e também uma das que mais se destaca. Esta traz como tema, as mudanças do cantor e a oportunidade de se libertar através da música, de ser apenas um “zumbi”.

A sétima faixa do álbum é “Viajar no Tempo”, o instrumental dessa música é mais simples, composto apenas de voz e violão. Esta traz na letra questionamento sobre o mundo moderno e as mudanças que ocorrem rápida e diariamente em nossas vidas.

“Tonante Velho”, é a oitava faixa e também a que encerra o álbum. A música tem um clima nostálgico causado pelo instrumental, voltado para o Rock n’ Roll Clássico e o tema que gira em torno do antigo modelo de guitarra, Tonante.


No Início de 2016 o músico divulgou seu novo trabalho “Life Is A Unsolved Blues”, em seu refrão marcante, mostra que a vida é um Blues(ou uma tristeza) sem solução. 


Suas plataformas virtuais são as seguintes:

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU LIKE

ESTATÍSTICAS