terça-feira, 2 de agosto de 2016

Lançamento do Ep da Mary’s Secret Box

A banda imbitubense Mary’s Secret Box lançou no dia 01/08 o mais novo Ep intitulado “Escravos do Tempo Contínuo e Lento”. O mesmo fora mixado por Chris Lima e arte da capa por Fernanda Freitas. O ep conta com 5 faixas, “A Temperança”, “Absinto”, “Convidado Mau Grado”, “Selvagem” e “Magnus Ignis”.

O grupo através de uma rede social pode expressar tudo o que o disco pode nos proporcionar e a sua mensagem, como no seguinte trecho: “Este trabalho fala um pouco do ser humano e da sua luta para poder se manifestar em meio a tantos fragmentos da realidade. Pois humanos são animais sociais, que buscam encontrar a si mesmos na conexão com outras essências. Daí nasce o ego, criando pedaços amontoados de personalidades, abafando o grande fogo primitivo e eterno que habita em silêncio, abafando a vontade que nos move. ”

Abaixo está uma resenha para cada música:

O disco abre com “A Temperança”, música instrumental com seus riffs totalmente influenciados por Stoner/ Grunge. Ela tem duração de 4:56 min, e durante todo esse tempo, percebe-se uma ótima sintonia entre os instrumentos demonstrando que ela não seria a intro por coincidência.



A segunda música denomina-se “Absinto”. E trata sobre os nossos instintos e desejos fazendo antagonismos e metáforas como no verso “Mas há escuridão à espreita na intenção de querer só mais um desse "trago", dentro dessa bolha, agora sinto a solidão me conter”.



A terceira canção intitula-se “Convidado Mau Grado”, e mostra um som mais maduro com uma forte pegada de Stoner. Já em sua temática ressalta os limites existenciais e do tempo. “O simples fato de existir não me garante nenhum prestígio, se eu existisse só pra 
mim, não passaria muito tempo comigo. ”



A quarta faixa “Selvagem”, através de questionamentos faz-nos imaginar metaforicamente em relação a um “robô”, que no caso seria aquela pessoa moldada por pensamentos, ideais, morais que deixa ser castigada. A alusão à selva mostra realmente como o mundo é e como devemos fazer para não sermos manipulados.



O ep fecha com “Magnus Ignis”, que é um pouco mais lenta. Sua letra compreende um forte desejo carnal ligado ao amor, correspondente ao coração.  Um amor que exprime valentia, coragem e intensidade.



O álbum inicialmente foi divulgado apenas de maneira virtual.


Abaixo estão as plataformas da banda:



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU LIKE

ESTATÍSTICAS