terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Perpetual Dreams

Hoje apresentaremos um clássico da música catarinense, a banda blumenauense Perpetual Dreams.



O estado de SC está repleto de bandas consagradas consideradas ícones nacionais, mas a banda abaixo se tornou referência nacional no Heavy Metal. O reconhecimento que a Perpetual Dreams tem, ultrapassa as fronteiras latino americanas, mas como todo sucesso sempre tem um começo difícil, acompanhamos passo a passo em forma de release, a trajetória dos músicos.

Há 16 longínquos anos atrás, surgia em um município de 300 mil habitantes, uma banda no qual o primeiro intuito estava ligado, a diversão, mas também ao anseio de fazer um som de qualidade autoral.

Sobre as influências sonoras, são recheadas de pluralidades musicais e criatividade em suas composições. Dentre elas, destacam-se Deep Purple, Iron Maiden, Dio e o guitarrista sueco Yngwie Malmsteen.

A designação do nome da banda fora algo totalmente inusitado e faz alusão à mestres da música. Uma vez que em 1998 nos primórdios, o grupo se chamava somente “Simphony”, porém por haver uma grande quantidade de bandas com a mesma denominação, inclusive a famosa Symphony X, impulsionou os membros à reformularem o título da banda. Todavia essa atual intitulação foi baseada em uma música de Malmsteen chamada “Perpetual” e complementada por “Dreams” opção sugerida por Deny Rodrigo Bonfante (Guitarrista).

A primeira demo do grupo foi lançada em 1998 com o nome de “The Dark Way Project”. A mesma conta com seis faixas, “Dark Way”, “Souls Dreaming”, “Simphony”, “Just a Nightmare”, “Storms” e “A Reason To Live”.  O primeiro Ep obteve grande visibilidade da cena, sendo o chamariz para conhecer os outros trabalhos do quinteto.



Em 2000, a banda divulgou seu segundo ep, este denominado “Forever”, contendo 4 faixas, “Perpetual Dreams”, que logo tornaria um clássico nos shows, “To Live Forever”, “Just a Nightmare” e “Dark Way”. O disco mostrou o amadurecimento musical e ideológico dos músicos.



Três anos depois a Perpetual Dreams se mostra mais sucinta e cada vez mais forte na cena catarinense. O álbum “Eyes Of Infinte” seria uma das obras primas da música barriga verde. O mesmo conta com 11 faixas, “Eyes Of Tomorrow”, “To Live Forever”, “Shadows And Lies”, “Gypsy Ride”, “Escape In DM”, “Dark Way”, “Run Away”, “Lords Of War”, “Paradise”, “Infinite” e “To Live Forever (edit)”.  A partir daí a consolidação do nome do grupo no metal nacional só crescia, tanto progresso, que foram condecorados como “Revelação do Ano”, e ‘Melhor Tecladista”, em uma das maiores revistas de metal, a Roadie Crew. A visibilidade possibilitou-os a participar dos programas “Stay Heavy” e “Backstage”.



Após o lançamento do último álbum, passaram-se dois anos de divulgações e só então em 2005 puderam lançar seu segundo full length “Arena”, novamente obtendo 11 faixas, a homônima “Arena”, “Push”, “Falling Down”, “Braveheart”, “No More Lies”, “Escape in Em”, “My Revenge”, “Alive”, “Conspiracy”, “Forever Lost In Time” e “Terrorslaves”. O disco fora divulgado pela Hellion Records e mostra uma sonoridade mais rápida e lenta.  O bônus do CD conta com um videoclipe de “Push” produzido por Lorenzo Bonicontro.



A banda já pode dividir o palco com lendas mundiais da música como Jeff Scott Soto, Glenn Hughes e Ritchie Kotzen. Além de tocar em festivais e eventos grandiosos.

No ano de 2010 a banda entra em estúdio e exibe seu terceiro álbum aos fãs denominado “The Eternal Riddle”, o disco conta com 10 músicas, “Hotter Than Fire”, “Broken Mirrors”, “Strong Like A Storm”, “Between Lies And The Truth”, “Devil Woman”, “Blood Diamond”, “Under”, “Hold On”, “Shine Your Pride Pt 1” e “Shine Your Pride Pt 2”. O CD foi too produzido pelo guitarrista Deny Bonfante e de acordo com o vocalista Carlos Eduardo D’avila, “A temática do álbum trata da busca pela força interior e o autoconhecimento, com mensagens espíritas subliminares. ”



Entretanto na difusão do disco, a Perpetual Dreams se apresentou em diversos programas tele comunicativos como o Estudio SC (RBS TV), Na Pilha (RBS TV), Rocktime, Stayheavy e Pirão Catarina (Univali) além de tocar em muitos pubs da região sul e sudeste.

Em 2013 um sonho dos músicos fora realizado, a elaboração de seu primeiro DVD. E o mesmo foi feito aqui no estado no 12° River Rock Festival e contou com três câmeras e alta resolução de áudio seguida de um breve documentário sobre a história do grupo.



Atualmente a banda lançou seu quarto álbum, “A New Rising” que conta com 11 músicas inéditas, “The Spirit Will Rise”, “Bloodrush”, “A Thousand Pieces”, “Rising Sun”, “Secret”, “Samsara: The Evolution”, “Death And Rebirth”, “Baptism OF Fire”, “The Seer”, “The Drifter” e fecha com “... Through The Endless Road”.



O grupo é composto por Eduardo D’avila (Vocal), Deny Bonfante (Guitarra), Jan Findeiss (Teclado), Chris Link (Baixo) e Julio Kuhlewein (Bateria).

Suas mídias sociais estão abaixo:



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU LIKE

ESTATÍSTICAS