quinta-feira, 18 de maio de 2017

Impiedoso

Heresia advinda do norte catarinense



Em meados de 1998, em Jaraguá Do Sul munidos pelo ideal blasfemo, Nahash (Baixo) e Agranamariu (Guitarra), ex integrantes da horda Imperium Tenebrae (Um dos precursores do Black Metal em SC) se juntaram a Azoth (Vocal) para encarar e enfrentar a hipocrisia cristã presente em nossa em nossa sociedade.

As influências musicais do grupo são individuais, porém mais personificadas no Metal dos anos 80. Entretanto, não há uma banda em específica uma vez que os membros preferem não rotular ou estereotipar o som proposto, isso fica a critério do ouvinte.

A designação do nome “Impiedoso” surgiu de maneira simples, tendo em vista as ideologias e convicções acerca dos pútridos dogmas clérigos impostos. A horda busca impiedosamente confrontar a igreja e seus bastardos.

Em 1999, o grupo divulga a primeira demo, intitulada “Master Of Darkness”, contendo quatro faixas, Side A: “Fire” e “Master Of Darkness”, Side B: “Under The Moon’s Domain” e “Blasphemy”. O material foi gravado em forma K7.

Três anos depois, o guitarrista Agranamariu resolve tirar a própria vida. No seu lugar ingressaram Jonathan e Rafael além de Dirceu (Bateria).

No ano de 2004, a Impiedoso difunde seu segundo trabalho, o Ep “The Unholy Prophecy” obtendo cinco canções, “By The Disgrace Of Gods”, “Destruction”, “Freedom Forever”, “Impiedoso” e a homônima “Unholy Prophecy”.  A demo foi gravada ao vivo no Curupira Rock Club em Guaramirim – SC.

A banda passou novamente por reformulações e em 2009 lançou o álbum “Abismo da Desgraça”, o qual conta com cinco músicas, “Fire”, “Master Of Darkness”, “Demônio da Sedução”, a homônima “Abismo da Desgraça” e “Elizabeth Bathory (Tormentor Cover)” . O mesmo teve uma aceitação enorme na cena do Metal Catarinense, e tornou-se um dos melhores trabalhos de Black Metal já lançados no estado, enraizando ainda mais a horda nos festivais.

Vale ressaltar a presença do grupo na coletânea “Endless Massacre IV” com a faixa “Fire” e também num tributo à banda polonesa, Besatt.

Atualmente, a horda está no processo de desenvolvimento de masterização do novo álbum “Reign In Darkness” que ainda não possui data de divulgação.

A abordagem das composições dos jaraguaenses são fortemente caracterizadas por ocultismos, impurezas, heresias e esoterismos manifestados obscuramente contrastando o câncer da humanidade chamado igreja.

Em toda a trajetória, a banda já participou de inúmeros fests e eventos. Os músicos também puderam dividir palco com grandes grupos como Vulcano, Amen Corner, Mystifier, Infernal War 666, Chemical Desaster, Luxuria de Lilith, Desdominus, Besatt, The Torment entre outras.

Formação:
Azoth (Vocal)
Nahash (Baixo)
Mortuum (Guitarra)
Aldebaran (Bateria)



O grupo tem um recado:
“Agradecemos o espaço cedido aqui. Estamos há um bom tempo na ativa, e tivemos a oportunidade de conhecer muitos headbangers que realmente acreditam na força do Metal. Esperamos sempre rever os velhos amigos e conhecer novos maníacos. Nos vemos por aí...”


Plataformas Virtuais:


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário