domingo, 30 de julho de 2017

Sin Rejas: Hardcore Punk Antifascista

No ano de 2003 em Novo Hamburgo – RS, três amigos, Gian (Guitarra), Cabelo (Bateria) e Salvador (Vocal) se reuniram e formaram um projeto com o intuito de difundir letras de protesto que enfatizassem a reflexão das pessoas sobre assuntos de cunho social. Os músicos estavam inseridos no cenário Punk antifascista e antirracista da região.



As influências musicais são vastas, bandas como Non Servium, Kaos 64, Agrotóxico, Olho Seco, Ratos de Porão, Risstetyt, Kaaos, Kaos Urbano, Extreme Noise Terror, Anti Cimex, Casualties, Rasta Knast, GBH, Moderat Likvidation até Cripple Bastards.

Em relação a designação Sin Rejas, os músicos a escolheram um ano depois do surgimento e a cognominação foi extraída de um informativo anarquista ou de uma página de um jornal uruguaio. Para Salvador (Vocal), o nome recordou de uma referência musical denominada Sin Dios da Espanha.

Em 2005 a banda lançou “Faça Sua Revolução”, em forma de ensaio, álbum este que contém oito faixas, “Morte Lenta”, “Muro da Vergonha”, “Não Haverá Futuro”, “Todos Queremos Lo Mismo”, “Você é Uma Mentira”, a homônima “Faça Sua Revolução”, “Ninguém Vai Lutar Por Você” e “Futuro Sem Fome – Disarm/SP”. O material está disponível no BandCamp.

Sete anos mais tarde, a Sin Rejas divulga o single “O Espelho” produzido e gravado no Estúdio Sabba, atual estúdio e gravadora Arranha Céu.

O primeiro full length, “Faça Sua Revolução” foi finalizado e lançado entre 2014 e 2015 e o mesmo contém onze faixas, “Faça Sua Revolução”, “Morte Lenta”, “Não Haverá Futuro”, “Todos Queremos Lo Mismo”, “Você é Uma Mentira”, “Ninguém Vai Lutar Por Você”, “O Espelho”, “Noção de Nada”, “Não Esqueceremos”, “O Sonho Acabou” e “Orgulhos e Odiados”. Novamente a gravação, mixagem e produção se deu pelo Estúdio Sabba.

No início de 2016, o grupo divulgou o primeiro videoclipe, da canção “Não Esqueceremos” (originalmente “Nosotros No Olvidamos”) com a participação especial de El Cabeza da AntiBanda. O vídeo foi produzido por Marcelo Mancha (Eutha, ex Euthanasia) e canção gravada por Leo Sabba do Estúdio Sabba (atual Arranha Céu). O clipe angaria 2689 visualizações no YouTube.

Atualmente a banda possui materiais para diversos álbuns, letras e riffs prontos. Todavia estão focados para um grande projeto previsto para o ano de 2020, entretanto voltarão a dar novos detalhes um ano antes.

As temáticas contidas nas composições são representadas pela realidade social e política, caracterizadas por conter abordagens Punk, antifascista, antirracista, por brigas, reflexões e críticas voltadas a todas à sociedade inclusive ao público com o objetivo de evoluir mutualmente.

O grupo já perambulou por várias gigs, eventos e festivais, destacando-se para o Morrostock em 2013 ao lado de bandas como Krisiun, Ratos de Porão, Confronto, Gritando HC entre outras, uma tour com quatro shows em São Paulo em 2016 e diversas apresentações em SC, RS e PR.

Agenda:
10/09 14 anos Sin Rejas com a banda Desastre/GO no Taliesyn (Florianópolis - SC)
?/10 Jockers Pub (Curitiba – PR)

A banda tem um recado:
“Não se matem(risos). Troquem porrada com os caras certos, não entre nós por diferenças pequenas. ”

Formação Atual:
Gustavo (Bateria)
Vitor (Guitarra)
Jorge (Guitarra)
Pogo (Baixo)
Salvador (Vocal)



Plataformas Virtuais:
Experimental Distro - A Serviam Produções:https://www.facebook.com/experimentaldistrooficial


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário