terça-feira, 11 de setembro de 2018

Cobertura: Agosto Negro 8 (Laguna/SC)

A parceria e amizade entre a mídia Urussanga Rock Music e O SubSolo é cada vez mais forte. Mesmo ocupado com as gravações das entrevistas em vídeo e o canal que será aberto oficialmente pelo 'O SubSolo na plataforma YouTube, não poderia recusar o convite de Guigo Romagna de registrar também em escrito como foi o festival.



Pelo fato da cobertura d'O SubSolo ser de responsabilidade de Vinicius Saints, confesso que não prestei tanta atenção a ponto de resenhar e fazer uma análise mais precisa, ainda mais com a correria das entrevistas e contatos durante o festival. Mas vou conseguir destacar pontos importantes e minha visão sobre o evento.

Uma das pessoas que mais ficaram tristes com o anúncio de que talvez não teríamos mais o Agosto Negro Rock Festival, com toda certeza foi eu. A Agosto Negro Rock Produções foi (e basicamente ainda é), minha escola de como produzir eventos e mais do que isso, de como nunca desistir perante as dificuldades do underground. A jogada do evento foi genial, botando covers precisos para encerrar os dois dias de evento, segurando assim o público até o final.

Mal chegamos no Clube de Campo e muitas barracas estavam montadas, churrascos sendo preparados, muita cerveja, roda de amigos conhecidos e novos amigos. E foi no 5º Agosto Negro que eu fiz meus primeiros amigos da cena, interessante né? Talvez o maior êxito do evento seja esse, reunir pessoas que tem um gosto em comum.

Tivemos um cast recheado de bandas dos mais derivados estilos, desde o Hardcore até o Death Metal, tendo headliners compostas também por bandas regionais e uma das bandas que não decepcionou no sábado, foi AlkanzA.

Primeira vez que vi o AlkanzA foi no Agosto Negro, tocavam as 13h e de lá para cá, apenas evolução dos caras. Dessa vez tocando as 20h, casa cheia e o show foi um estouro. Pedrada atrás de pedrada, deixaram de lado a intro de "Em Coma" e iniciaram com música nova. E mesmo achando que não seria possível, AlkanzA tem tudo para lançar um disco ainda melhor futuramente, pois as novas músicas beiram a perfeição do Thrash e a única coisa que notei de diferente, é que as músicas são mais groovadas e cadenciadas.

Ainda no sábado, Rhestus subiu ao palco com um gostinho de nostalgia, pois, no Agosto Negro de 2016 a banda não pode se fazer presente e dessa vez chegaram com os dois pés. Um petardo atrás do outro, e mostram no palco o motivo de serem uma das bandas mais clássicas de Santa Catarina, uma verdadeira banda de Metal.

No domingo, os trabalhos se iniciaram com Chicospell, que voltam aos palcos após um pequeno hiato. Montando um set de músicas autorais e de releituras de Hall of Sinners, uma banda que era também de Imbituba/SC e subiu algumas vezes aos palcos do Agosto Negro. Infelizmente o vocalista Marcel veio a falecer em novembro do ano passado e tendo dois membros da Hall of Sinners em sua composição, Chicospell prestou uma homenagem emocionante, arrepiante e de gala. Rafael Freitas que é guitarrista e vocalista de Chicospell, sempre deixou claro sua admiração por Hall of Sinners e cantou as músicas com muita vontade e empolgação.

Tanatron está em turnê do seu novo disco e depois de passar por Argentina, Rio Grande do Sul e Paraná, tivemos a oportunidade de verem os maranhenses subirem em um palco catarinense e foi algo que dificilmente esquecerei. A humildade dos caras, tanto na conversa com o público, presença de palco e músicas de alta qualidade, o Tanatron provou o motivo de estar a mais de 20 anos na ativa, com toda a certeza deixou um gostinho de quero mais em Santa Catarina, ainda mais aos gritos de "mais um".

A única parte triste do evento, foi ter acabado. Mais uma vez o Agosto Negro fez um evento com maestria. Cerveja barata, gelada, preços de outras bebidas muito acessíveis, possibilidade de pagamento no cartão, várias opções de alimentação, stand de materiais de Rock, stand de docinhos caseiros, cabana para a imprensa (muito obrigado) e o melhor, agradecemos a oportunidade de vivenciar um final de semana de boa música, encontro de amigos e um momento de paz.

Aguardamos ansiosamente o Agosto Negro 9!



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário