sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Fish Ventura: A transição do cover para o autoral

Em 2014 no interior gaúcho, mais precisamente na cidade de Erechim, alguns amigos juntaram a ideia de esboçar algo com que tivessem afinidade em comum, em questão o Reggae e decidiram criar o projeto Fish Ventura. Até então, o grupo seria apenas para a divulgação de cover de bandas que eram referências para os músicos, dentre elas destacam-se Sublime, The Expandatles, Stick Figure, Pepper, Rebelution, O Mundo Analógico, entre outros artistas.



Quase três anos depois, os músicos decidiram reformular a banda e com isso enfatizou-se a ideia do desenvolvimento de canções autorais que em seu âmago pudesse trazer a positividade, o questionamento e a dúvida frequente no momento caótico explícito no país.

O grupo em sua trajetória possui quatro músicas autorais que serão difundidas abaixo:

A primeira a ser o carro chefe dos gaúchos foi o clipe “Chapéu Descolado” que possui forte presença de metais com um instrumental coeso e denso personificados até o término da mesma. Em sua letra, ressalta-se o espírito da selva e suas respectivas peculiaridades.



“Lancheira (O Importante é Caminhar) ” ingressa-se num clima animado que tem como figura principal em sua essência, o cão, o melhor amigo do homem. Essa temática mostra a simplicidade de um ato comum, a sutileza de um gesto e o carinho do afeto com seu respectivo bichinho.



A miscelânea dos estilos da banda é nítida em “Momentum Groove”, porque vai desde o Groove, Soul, Funk e Reggae. A canção se estabelece em meio aos moldes do sistema atual como uma afronta. Há uma quebra de estereótipos com uma nova visão de mundo livre de opressão e padrões.  



Recentemente fora difundido o quarto single da Fish Ventura. O mesmo denominado “Milonga” em sua chama busca a coletividade e a união, além de trazer a luta pela liberdade de pensamento, a suscetibilidade a novos tipos de ideias e uma conexão metafórica da milonga com o litoral.



As músicas foram gravadas no estúdio JBS em Getúlio Vargas e contou com a produção artística de Lucas Turski, Robson Black e a parte fonográfica por Jessé Prado. São mais de 12.000 mil visualizações, diversos acessos e centenas de inscritos no canal.

Atualmente, os músicos estão no processo de difusão do novo single “Sebastião” que com as demais formarão o Ep “Pilotem Suas Próprias Cabeças”.

Formação Atual:
Lucas Turski (Cordas)
Robson Black (Cordas e Vocal)
Maikel Simon(Trombone)
Geison Dartora(Sax)
Jessé Prado(Teclas e Guitarra)
Cezão Ferreiras(Baixo)
Cristiano Reis(Bateria)

A banda tem um recado:
“Ajudem a divulgar nosso som, a banda é totalmente independente e depende disso. PILOTEM SUAS PRÓPRIAS CABEÇAS...”

Plataformas Virtuais:
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/56503232
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

4 comentários:

DEIXE SEU LIKE

ESTATÍSTICAS