sábado, 15 de setembro de 2018

Santana’s Sunday: A volta do que não se foi

Ávidos e sedentos por um festival, os lageanos lá se encontravam tristes, cabisbaixos e se contentando com “tribailes” realizados nos galpões pela cidade. E agora, quem poderá nos salvar? É claro que o eterno herói lageano Santana comovido pela inerente falta de fests, se mostrou solidário com esses cabeludos literários revoltosos jovens com espírito desbravador.



Sim o Santana’s Sunday voltou, e agora Thomas Michel Antunes, Osni Padilha e Cyro Wolf foram cirúrgicos na escolha das bandas. Os grupos que vão se apresentar chocam-se mutuamente pela pluralidade de estilos exibidos.

A Groove Haze, mais uma vez subindo aos palcos do Refúgio do Lago, se destaca pela sua sonoridade “groovada” com mesclas de soul, cabe destacar a canção “Erva Doce”, autoral dos lageanos. Outra integrante da cidade é a Acidemia de Stoner/Doom, os músicos expõem apenas músicas próprias e na composição das mesmas, caminham rumos como Kadavar, Radio Moscow, Corpo-Mente, entre outros artistas.

A Racoon Club é personificada através da versatilidade de suas músicas e referências. Como som apresentado, a música autoral “Flicker” segue como uma das mais lembradas pelos fãs do grupo.

A Balthazar irá se exibir pela segunda vez, os druidas criciumenses carregam consigo o misticismo, a magia e o esoterismo através de suas canções com temáticas herméticas. O álbum homônimo cria uma atmosfera entre banda-ouvinte e caminha por um instrumental coeso, de solos arrastados complementados a riffs céleres e a uma sinergia da voz de Raul Galli.

No ápice da divulgação da Tour “Abbys Of Flesh”, a caxiense de Death Metal Infected Sphere continua a sua saga. Os músicos em seu âmago caminham entre as vertentes de Krisiun, Cannibal Corpse, Deicide, Dying Fetus, Disgorge, Carcass e outros sons na mesma linha. Além do Full Length, eles detêm um clipe da música “Bizarre Mutilation” no YouTube.

Com duas demos lançadas e três full lengths, a Losna é um Power Trio com 21 anos de estrada. Em sua trajetória já se apresentou em inúmeros festivais, como o Otacílio Rock Festival e hoje é considerada uma das maiores bandas do Rio Grande do Sul. As suas principais canções são “Back To The Grotto”, “Room 55”, “Grotesque Life” e “Slowness”, além de outros sons muito aclamados pelos headbagers.

Então mais um evento, mais uma chance de comparecer e mais um pontapé para o apoio à cena da região. Então garanta já seu ingresso que está disponível por 15 reais no Embaixada Bar, Hill Billy Rockhouse e no Morrigan Tatoo.




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário