sábado, 16 de março de 2019

Desobedeça: A transgressão antifascista foi anunciada

Com o avanço do conservadorismo e de práticas neofascistas, o antifascismo tornou-se uma válvula de escape para frear o reacionarismo e o preconceito em geral. Na cidade de Itapira- SP, o cenário do Metal é forte, nomes como Alternative System, Céu Em Chamas, Enema Violence, HellCat Empire, Nunca, Take Me Back, entre outros.

E a partir de uma junção de integrantes dessas bandas, Alemão Pompeu, Anderson, João e Rafael Coradi se reuniram para desenvolver um projeto. A Desobedeça foi criada baseada no Punk/HC Melódico com influências de Bad Religion, Pennywise, Strike Anywhere, NOFX, No Use For A Name, Dead Fish, entre outras referências.

Foto 1: Bandcamp da Banda
Em fevereiro de 2019, munidos pela vontade de divulgar seu material, os paulistas lançaram “Tenho Pressa”. Um Ep contendo quatro canções, sendo elas “Construindo Pontes”, “Máquina do Estado”, “Tenho Pressa” e “Indecisões”. O trabalho foi gravado de dezembro a fevereiro e obteve captações diferentes, entre o Estúdio Batcaverna, Viés Estúdio e o Soul Rebel Home Estúdio. A parte visual do material ficou por conta do baixista João e a distribuição do mesmo por conta da Nuna Records.

A primeira faixa é “Construindo Pontes” que é caraterizada por um instrumental rápido e constante. A letra fala sobre empatia, de lutar pelas minorias e de construir pontes para a união.

Com 02:27min, “Máquina do Estado” é a mais curta da demo. A música enfatiza “Os valores para quem?”, ela faz com que possa formular uma interpretação sobre vender a sua força de trabalho por miséria e exibe a hipocrisia dos discursos do Estado para a massificação.

Um petardo nos ouvidos, a homônima “Tenho Pressa” expressa riffs cadenciados, um solo na parte final e uma composição movida por questões existenciais, pela pressa e pela ansiedade que toma conta do sujeito da canção.

Para encerrar o EP, a mais longa “Decisões” traz um instrumental bem trabalho, riffs céleres e um vocal síncrono. A letra ressalta a liberdade e sobre as decisões a serem tomadas.


Foto 2: Bandcamp da banda
Formação Atual:
Alemão Pompeu (Guitarra)
Anderson (Vocal)
João (Baixo)
Rafael Coradi (Bateria)

Plataformas Virtuais:


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU LIKE

ESTATÍSTICAS