domingo, 10 de março de 2019

Os Neurolépticos: O Punk Rock de Nova Veneza- SC continua vivo

Criada em 2014, Os Neurolépticos é um dos maiores nomes do Punk Rock do sul catarinense. Os músicos trazem consigo letras com temáticas regadas a álcool, cotidiano e vivência, além de trazer uma mescla com o Rock n Roll. Confiram a entrevista abaixo:

Foto 1: Facebook da Banda. 

Primeiramente, agradecemos a disponibilidade pela entrevista. Como foi o processo de criação da banda Os Neurolépticos?

R: A banda surgiu em 2014, sempre com os mesmos músicos, porém com vários vocalistas ao longo do tempo. A partir de meados de 2015 o João Ronconi assumiu os vocais e a formação segue a mesma desde então.

Quais são as maiores influências musicais para o grupo?
R: Ramones, Sex Pistols, Replicantes, Garotos Podres e similares.

Vocês têm muitas músicas autorais, tais como “Dependência”, “Cachaça”, “Encarnação”, “Porcão”, “Pulo do Gato” e “Periferia”. Essas canções estão em algum material? E há outras novas que já reproduzem nos shows?
R: Apesar de já termos quatro músicas gravadas, não existe ainda um álbum organizado. Várias outras músicas autorais dos Neurolépticos fazem parte dos shows, e estas ainda precisam ser gravadas.

A cena de Nova Veneza- SC tem nomes como Trypanossoma Cruzi, Vira Latas, Ventríloquos, entre outras bandas. Como que se desenvolve o cenário na região? Há parceria entre as bandas?
R: Nova Veneza sempre foi uma cidade muito “musical”, por conta principalmente da tradição italiana. Não existe um estudo, mas acredito que seja o município com o maior número de bandas “per capita” da região. Existe parceria, com festivais e apresentações conjuntas em diversos ambientes de Nova Veneza e outras cidades.

Quais os principais festivais e eventos que se apresentaram.
R: Diversos eventos no Bar do Galo, Texugo’s Pub, Maverick Bikers Pub, Poço do Caixão, Festa da Gastronomia de Nova Veneza e outros.

Os novos projetos do grupo.
R: Gravar mais músicas!
  
O porquê do nome Os Neurolépticos?
R: Muitas das músicas autorais têm temática introspectiva, geralmente retratando indivíduos com conflitos mentais, psicológicos e sociais. Os remédios usados no tratamento desse tipo de doença chamam-se psicotrópicos ou –Neurolépticos–. “O remédio para a cabeça” é um nome sugerido para o nosso primeiro álbum.

Plataformas Virtuais.


Formação Atual:
R: Eduardo (Tabaco) [Bateria]
Everaldo (Vera) [Baixo]
André (Paçoca) [Guitarra]
João (Cabelo) [Vocal]

Um recado para quem nos acompanha.
R: Um abraço, e muita cachaça!


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU LIKE

ESTATÍSTICAS