quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Dark New Farm: Os fazendeiros divulgam seu primeiro Ep, “Farm News”

No dia 03 de agosto, a banda originária de Nova Fazenda- SC, Dark New Farm lançou se primeiro trabalho, “Farm News”. O ep foi produzido por Gustavo Schattscneider e gravado no TG Homestudio.


Abrindo a demo, “L.O.V.E” visa contestar o cenário homofóbico. Os músicos trouxeram em sua composição questionamentos acerca da hostilidade e discriminação contra relações homoafetivas. O instrumental bem trabalho casa com a letra por conta da agressividade nos riffs, além dos guturais rasgados mesclados a um backing vocal grave.



A música “Madre” tem como objetivo retratar a perspectiva de uma criança em relação aos casos de violência doméstica presenciados. Com riffs pesados somados a um vocal potente, os músicos expressam todo sentimento de fúria e indignação com uma letra carregada de intensidade. Tal como é possível notar nos versos “A maggot to be smashed, not so brave now? Come and try to hurt me, ‘cause I'll kill you, motherfucker”.


A terceira faixa “Collision” é bem densa, seu instrumental possui alternâncias de riffs e presença de um solo bem trabalhado no meio da música. A letra aborda as situações de um vício, e suas consequência que pode chegar ao limite extremo.

“La Patria, La Fabula” contempla duas formas distintas de vocal, já que Harley expõe parte da composição em inglês e parte em espanhol. O peso e a rigidez tornam um caos, fazendo assim uma mescla de Heavy Metal com elementos díspares do New Metal. A letra é baseada na atualidade, em toda a guerra proposta, na “inocência” norte-americana e sobre seus respectivos atos além é claro da desigualdade social. Nela nomes como Osama, Sadan e Kadafi foram citados assim como o poder e desenvolvimento dos EUA.



A quinta canção é “In Justice”. A letra mostra toda a hipocrisia que ronda através da justiça, assim como a mesma que não consegue intermediar e favorece apenas os privilegiados da sociedade. A sonoridade começa mais cadenciada, dando enfoque para os vocais que no refrão acompanha de forma síncrona a mesma. Após isso, os riffs passam a ser mais rápido e agressivos.

“Hushaby” encerra o Ep. A sexta faixa é uma das melhores do material, o instrumental é sólido e conciso. Já a composição, enfatiza a depressão e mostra o poder que a mesma tem de convencimento e todos os malefícios que traz para a sanidade mental de uma pessoa.

No mais, o trabalho é algo inédito no cenário catarinense, já que os músicos abordam canções de inglês mescladas ao espanhol e exibem um New Metal característico, ao dar ênfase nos backing vocais e nas alternâncias do instrumental.

Divulgação

Formação:
Luiz Harley Caires (Vocal)
Maykon Kjellin (Bateria)
Sol Portella (Guitarra e Vocal)
Vinícius Albini Saints (Baixo)


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU LIKE

ESTATÍSTICAS